TOP NEWS

Seja bem-vindo, ou bem-vinda ao meu site! Leia quantos poemas quiser... se possível, deixe seu comentário. Volte sempre!

16 de novembro de 2015

CICATRIZ | POR ANDERSON C. SANDES



A quem se dedica uma dor?
Essa dor de cicatriz
Essa dor de passado
Essa dor que não passa
Ferida fechada há tempos
Mas traz na pele a memória

Se traz na pele o passado
Que entre um sorriso falso
E outro amarelo...
Não passa, não passa a dor
Não passa de dor
Dor de cicatriz

Oh, dores de lembranças falsas
Felizes e falsas
Como falsa é a felicidade falsa
A falsidade da pele
Que traz a memória da dor
Duas ou mais cicatrizes

Talvez dez, ou mil...
Não sei mais contar
Não se conta o que é falso...
Pois nem falo de pele
Nem falo de cicatrizes
São falsas, metáforas...
Metáforas falsas

Mas a dor é real
Como falsa é a felicidade falsa


Anderson C. Sandes

....